Preparação para mergulho e check de dupla

Preparação, testes e check de dupla

Existem várias coisas que os alunos aprendem no curso básico e depois vão deixando de lado. Algumas demoram mais e outras infelizmente já não são lembradas no mergulho seguinte ao checkout. Uma das mais importantes que boa parte do pessoal esquece é o "Check de Dupla". Este procedimento simples e rápido pode evitar muita dor de cabeça durantes seus mergulhos. Quem nunca viu um mergulhador voltando ao barco para ajustar alguma coisa ou para pegar o cinto de lastro esquecido? Bastaria 30 segundos de check e isso não aconteceria! Mas então qual a melhor forma de check? As certificadoras ensinam isso e costumam usar acrônimos (como SEABAG no caso da NAUI), mas o mais importante é que você faça da maneira que for melhor para você e seu dupla, desde que contemplem todos os itens a serem verificados. Eu gosto muito de começar o check de baixo para cima (das nadadeiras até a cabeça). Assim fica intuitivo e você não precisa ficar decorando uma lista de coisas.

Aí vai uma sugestão para vocês.

Montagem, teste e preparação do equipamento:

1. Neoprene: neoprene não é a coisa mais fácil do mundo para se vestir e leva um pouquinho de tempo. Não espere chegar no ponto de mergulho para vestir-se pois você vai acabar fazendo tudo com pressa e aí os problemas começam a aparecer. Assim que entrar no barco vista sua roupa pela metade.

2. Nadadeiras: você deve calçar suas nadadeiras apenas quando estiver tudo pronto para o mergulho mas é importante que você verifique se elas estão prontas antes de se equipar. Verifique se as tiras de borracha e presilhas estão em bom estado. Lembre-se também de retirar o molde que vem dentro de algumas nadadeiras. Deixe as presilhas da parte de dentro dos pés abertas pois isso facilitará muito quando você fizer "o quatro" para calçá-las. Com as nadadeiras prontas, deixe-as em um lugar que você não precise abaixar depois para pegá-las, pois nessa hora você já estará equipado com seu SCUBA.

3. Cinto de lastro: Confira se seu cinto de lastro (ou bolsos de lastro integrado) estão com a quantidade correta de peso. Em um barco de mergulho você pode trocar de cinto de lastro com seu vizinho sem perceber e quando for pra água vai ter dificuldades. Uma vez conferido, vista o cinto e ajuste-o corretamente. Você deve ter aprendido como fazer em seu curso de mergulho então coloque em prática e não invente novas formas de colocar o lastro. Se você usa um sistema de lastro integrado certifique-se que os bolsos estão bem presos e não vão se soltar durante o mergulho.

4. Colete (BCD): Antes de ir pra água é primordial garantir que nosso BC está funcionando corretamente. Faça a inflagem pelo botão do Power Inflator (inflador) e oralmente. Depois esvazie o colete usando o Power Inflator e também as válvulas de exaustão. Tente perceber se há algum vazamento, pois isso poderá comprometer sua flutuabilidade principalmente na superfície.

5. Regulador: Hora de verificar se está tudo bem para você respirar debaixo d´água. Respire pelo segundo estágio, pelo octopus e teste os botões de purga em ambos. Confira se o cilindro está totalmente aberto. Se o seu regulador tem um console duplo (profundímetro e manômetro), lembre-se de zerar o "dedo duro".

6. Máscara e snorkel: prepare sua máscara com antecedência, limpe as lentes e passe o anti-embaçante. Depois pendure sua máscara e seu snorkel na torneira do cilindro. Máscaras deixadas no banco estão apenas aguardando um tempo para serem esmagadas pelo cilindro de um mergulhador voltando ao seu lugar.

7. Computador (opcional): está cada vez mais comum o uso de computadores de mergulho. Se você já tem não esqueça de verificar as configurações antes de entrar no mar. Veja se a mistura gasosa está correta, se a bateria está OK, se os alarmes estão do jeito que você gosta e se a data e hora estão corretos para evitar dúvidas ao descarregar os seus mergulhos e preencher seu logbook.

Pronto, você agora já pode se equipar quando chegar a hora.

Agora vamos ao check de dupla:

Depois de equipado, chame seu dupla e posicionem-se frente a frente.
Desta forma você irá enxergar o seu dupla mais fácil do que à você mesmo.

1. Confira o cinto de lastro e os bolsos de lastro integrado.

2. Confira o colete do seu dupla, verifique se está bem ajustado e se não há nenhuma mangueira passando por dentro das tiras. É legal que cada um faça a inflagem e desinflagem mais uma vez.

3. Respire pelo seu segundo estágio e entregue seu octopus para seu dupla para que ele possa respirar e conferir também. Ele deve fazer o mesmo com você. Confira se o seu cilindro está totalmente aberto. Lembre-se que a forma mais fácil é olhar para seu manômetro e respirar pelo regulador. Se a agulha se mexer é porque o cilindro está fechado ou mal aberto. Você pode fazer isso ao mesmo tempo que verifica o funcionamento do segundo estágio.

4. Confira se a máscara do seu dupla está com o silicone posicionado corretamente e peça a ele que faça o mesmo.

5. Faça a última verificação do computador.

6. Depois que tudo estiver OK, vá até a saída do barco, vista suas nadadeiras e bom mergulho!

Tudo fica mais fácil!
Com a prática tudo fica mais fácil e aos poucos você começará a fazer tudo isso no automático. Você vai perceber que com o passar do tempo você ficará cada vez mais eficiente e o seu mergulho ficará cada vez mais confortável e divertido. Atenção para não se acomodar e achar que já tem experiência o suficiente para não precisar destas verificações.

Tem alguma sugestão ou uma outra dica? Mande aí pra gente nos comentários!

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *