Will Smith enfrentando seu medo de mergulhar

Os medos e o mergulho

Ha alguns dias um vídeo do ator Will Smith circulou pela internet após sua primeira experiência com o mergulho. No vídeo Will Smith explica antes de mergulhar que não seria fácil pois se tratava de seu MAIOR MEDO. Ele não sabe explicar de onde vem este medo mas tem relação com não conseguir respirar. Então ele resolveu encarar e foi para a Grande Barreira de Corais na Austrália. Depois das instruções e prepatativos ele faz seu mergulho acompanhado por dois instrutores e tudo corre bem, inclusive com a presença de alguns tubarões que devem ter deixado o ator ainda mais apreensivo. No vídeo dá pra ver seu nervosismo real, sua respiração ofegante e sua agitação. Mas também mostra o bom humor com que ele encarou a situação e principalmente sua grande motivação que era justamente vencer o medo. No final ele diz: "Não se preocupe em gerenciar a situação, preocupe-se em gerenciar sua mente. Treine sua mente para ficar calma mesmo no olho do furacão."

Ao ver este vídeo é fácil lembrar de vários alunos que entraram em sala de aula com um pé atrás. Medo de ficar sem ar, medo da sensação de confinamento, medo de tubarões e por aí vai. Quando um ser humano se propõe à respirar debaixo d´água é normal e perfeitamente compreensível que estes medos apareçam. Mas o melhor da história é que o medo pode ser um grande aliado. Ele nos diz até onde devemos ir, até onde é seguro, até onde nos sentimos confortáveis. Não podemos esquecer e deixar de lado os nossos medos pois aí sim estaremos em maus lençóis. Debaixo d´água é importantes conhecermos bem o que estamos fazendo. Treinamento, conhecimento, prática, disciplina e investimento pessoal; isto tudo é necessário para se formar um bom mergulhador. Mas para se tornar um grande mergulhador é necessário também um medo controlado. Este medo controlado nos faz estudar mais, praticar mais, ampliar aos poucos nossa zona de conforto e principalmente evoluir com bases sólidas. Assim se formaram os melhores mergulhadores que conheço.

Mas afinal, de onde vêm estes medos? Somos mamíferos terrestres e apesar de sermos nadadores razoáveis nosso corpo não foi adaptado à natação e muito menos à respirar debaixo d´água. Fazer isso obviamente vai contra nossos instintos portanto trará medo, desconforto ou desconfiança. Para alcançarmos um bom nível de conforto debaixo d´água é necessário primeiro conhecer o equipamento que nos permite isso para que então possamos confiar nele. Depois é necessário treinamento, horas de treinamento. Algumas pessoas conseguem se sentir bem debaixo d´água com poucos minutos de atividade mas a maioria precisa de mais tempo. Quando falo em "sentir bem", não digo apenas conseguir mergulhar alguns minutos mas sim ficar 100% à vontade debaixo d´água, esquecer completamente da superfície e se sentir totalmente integrado ao fundo do mar.

E o medo de tubarões e outros seres perigosos que habitam os mares? Basta olhar uma ilustração dos antigos mapas de navegação que fica claro o medo que os homens sempre tiveram do mar. Monstros e criaturas assustadoras desenhadas em todos os mares. Livros e filmes criaram figuras como o Kraken, Moby Dick, as Orcas Assassinas, o implacável tubarão de Spielberg e dezenas de outros caçadores de humanos. O mar não é nosso habitat natural e mais uma vez é compreensível que tenhamos medo. Mas basta pesquisar um pouco e estudar os fatos e estatísticas que percebemos que as chances de um problema com eles são mínimas e que é muito mais perigoso dirigirmos da nossa casa até o cais de embarque do que mergulhar. Infelizmente a falta de conhecimento afasta muita gente dos benefícios do mergulho.

E então, o que fazer com esse medo? Lembre-se do que o ator disse: a questão não é se você consegue controlar a situação e sim se você consegue controlar a sua mente! Encare seu medo, dedique-se, treine, invista e pratique muito! Infelizmente, a maioria dos mergulhadores não chegarão à um nível de conforto 100%. O mundo de hoje exige coisas "express" com resultados rápidos e fáceis. E não há como resolver milhares de anos de instintos e décadas de cultura de uma forma "express". Então qualquer um que deseje iniciar na atividade deve ter ciência que é possível sim fazer os mergulhos com um treinamento relativamente curto mas apenas com a prática frequente e dedicação será possível alcançar este alto nível de conforto. Mesmo os instrutores mais experientes levaram anos e centenas de mergulhos para chegar à este ponto. E quando você conseguir dominar o seu medo, não o esqueça, use-o como aliado para evoluir mais.

Mas não se esqueça, o primeiro passo é querer.

 
 

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *