Mergulho em Guarapari

Nosso pacote inclui:

  • Transporte a partir de Belo Horizonte.
  • Hospedagem com café da manhã.
  • 3 dias de mergulhos com 2 mergulhos por dia.
  • Lanche a bordo.
  • Cilindros e lastro.
  • Acompanhamento DiveLife
Embarque na quinta a noite e retorno no domingo ao final da tarde.

Guarapari

Guarapari é um dos pontos do litoral brasileiro com maior biodiversidade marinha. Em suas águas constantemente encontramos cardumes de frades, ciliaris e bodiões das mais variadas cores. Além da abundância de peixes e corais, Guarapari abriga também o famoso naufrágio Victory8B, navio afundado propositalmente em 2003 para se tornar um abrigo para peixes e também um atrativo para mergulhadores. Nossa hospedagem é no Hotel Porto do Sol, que além de ter todo um charme especial nos oferece facilidade para embarque em seu cais próprio. A operação é feita com a Cia do Mergulho que conta sempre com um staff atencioso e preocupado com a segurança de todos. Venha com a DiveLife mergulhar neste paraíso subaquático do sudeste.

Próximas datas:

18 a 21 de abril de 2019 (SEMANA SANTA)

Pontos de mergulho mais comuns

A Ilha Escalvada é um clássico do mergulho no Espírito Santo. Localizada em Guarapari, tem seu acesso possível apenas de barco. Os seus corais são um catálogo vivo de invertebrados e peixes recifais, uma delícia para os pesquisadores e fotógrafos submarinos. Com o predominante vento nordeste o mergulho é realizado em local mais abrigado. Com o vento sul, menos frequente, muda-se o lado de ancoragem. A paisagem submarina parece pertencer a uma outra ilha, mais agreste, com grandes pedras que formam grutas e corredores, abrigo de uma quantidade ainda maior de vida! Ponto muito apreciado pelos mais experientes, amantes do mergulho noturno e até pelos mergulhadores técnicos que podem circunavegar a ilha em um único mergulho, sendo considerada um dos melhores recifes biológicos do país. Acima da linha d’água a Ilha também possui belos atrativos. Ela abriga um farol de sinalização para os navegantes que foi inaugurado em 1907. Nos anos 20 foi modernizado e passou a funcionar eletronicamente com uma placa de captação de energia solar que recarrega as suas baterias. Os antigos cilindros de aço que armazenavam o gás foram jogados ao mar tornando-se um ponto curioso de observação para os mergulhadores.

Profundidade mínima: 06 metros.

Profundidade máxima: 24 metros.

Tempo de navegação: 50 Minutos.

Temperatura média: 22 graus.

Visibilidade: 06 a 15 metros.

O Victory8B é uma embarcação de bandeira grega com 89m de comprimento, 13m de altura e quase 4 mil toneladas. Foi apreendido em 1997 pela Companhia Vale do Rio Doce a pedido do Banco Central da Grécia. Abandonada por sua tripulação depois da apreensão, a embarcação ficou ancorada na entrada do Porto de Vitória com os barris de óleo a bordo trazendo riscos de um acidente ecológico no local. Diante dos riscos apresentados a SEAMA-ES incluiu o Victory 8B no Projeto Recifes Artificiais Marinhos do Espírito Santo (RAM-ES), planejando sua reciclagem, limpeza, preparação e afundamento. Em 2002 a Fundação Cleanup Day através de contrato com o governo, encarrega-se de dar sequência ao Projeto e em 03/07/2003 a embarcação foi finalmente afundada entre as Ilhas Rasas e Escalvada, em Guarapari. Hoje o Victory é casa para imensos cardumes que em alguns momentos chegam a cobrir boa parte do naufrágio. O encontro com badejos e meros é também comum neste ponto. É considerado um dos melhores mergulhos em naufrágio do Brasil.

Profundidade mínima: 22 metros.

Profundidade máxima: 35 metros.

Tempo de navegação: 55 Minutos.

Temperatura média: 22 graus.

Visibilidade: 06 a 15 metros.

Com quatro pontos de mergulho, as profundidades nas Ilhas Rasas variam entre 8 aos 25m. Polvos, lagostas e diversos tipos de peixes de passagem e entocados habitam o local. Em uma das ilhas existe um naufrágio do Veleiro da enseada que está desmantelado. A visibilidade pode chegar aos 20m. Devido às correntezas é comum realizar um drift dive. Há também, um pequeno naufrágio de um pesqueiro de nome Guarani. Conservam algumas estruturas e uma história que anima ainda mais o mergulho entre ciliares e frades. Um ponto interessante são os canyons; corredores de pedras do boqueirão da Rasa de Fora onde são encontrados diversos tipos de peixes. Por estarem afastadas do continente e não oferecendo grande abrigo, estas lajes são menos frequentadas. Isto ajuda a conservar a imensa variedade e quantidade de vida submarina.

Profundidade mínima: 06 metros.

Profundidade máxima: 24 metros.

Tempo de navegação: 70 Minutos.

Temperatura média: 22 graus.

Visibilidade: 06 a 18 metros.

O Bellucia era um imenso navio cargueiro britânico, com 102 metros de comprimento que navegava próximo as Ilhas Rasas e devido a uma falha nas máquinas ficou à deriva enquanto os responsáveis solucionavam os problemas. Infelizmente não contavam com uma baixa submersa, onde encalhou e ficou cerca de três dias. Devido a fortes correntes na área a estrutura não aguentou e veio a pique em fevereiro de 1903. Sem dúvida um dos melhores mergulhos do Brasil. Fortes correntezas regem o local então é necessário ser mergulhador avançado para explorar esse gigante.

Profundidade mínima: 17 metros.

Profundidade máxima: 25 metros.

Tempo de navegação: 70 Minutos.

Temperatura média: 22 graus.

Visibilidade: 06 a 20 metros.

Galeria de fotos

Previsão para as próximas horas em Guarapari