Como escolher máscara de mergulho

Como escolher uma máscara?


Esta é uma questão muito comum entre os alunos do nosso curso básico. E não é para menos, escolher uma boa máscara é um dos principais pontos para um mergulho confortável. Uma máscara inadequada pode se tornar um pesadelo mesmo que você esteja mergulhando no melhor ponto do mundo. Imagine você curtindo as belezas do Caribe e sua máscara alagando de 5 em 5 minutos? Não há mergulhador que consiga manter a paciência com isso e além de ser bastante chato é também um risco à nossa segurança. Lembre-se: conforto gera segurança, segurança gera diversão. Sem conforto e sem segurança é impossível fazer um mergulho divertido.
Com isto em mente, vamos à escolha da máscara!

A primeira coisa que precisamos entender é que não existe uma máscara perfeita para todo mundo. As variações de tamanho e formato do rosto impedem que exista uma máscara que seja perfeita para todos.

Em seguida precisamos entender quais são os principais componentes de uma máscara e sua respectiva função:

  • Corpo (ou saia): Parte em silicone que fica em contato com a pele do mergulhador e faz toda a vedação da máscara.
  • Frame (ou armação): Parte rígida que dá suporte para que as lentes de vidro fiquem presas ao corpo de silicone.
  • Lentes: peças em vidro temperado que permitem a visão.
  • Tira: tira em silicone que prende a máscara à cabeça do mergulhador.
  • Fivelas (ou presilhas): peças em plástico que permitem o ajuste da tira junto ao corpo da máscara.


Antes de analisar cada componente separadamente você deve fazer um teste de vedação. Se uma máscara não veda bem em você nada mais adianta, ela não é uma boa máscara para você.

O teste de vedação é bem simples. Basta você colocar a máscara no rosto, sem passar a tira na cabeça. Inspire levemente pelo nariz e prenda a respiração, sem deixar o ar voltar pelo nariz. A máscara deve permanecer presa ao rosto, mesmo quando você aponta o rosto para baixo. Se ao fazer este teste a máscara ficar presa, à princípio é uma boa máscara para você. Agora você pode seguir para a avaliação dos componentes.

Corpo (ou saia)
Esta é a parte mais importante para o conforto geral e a vedação da máscara. Analise se o corpo da máscara é macio o suficiente para você ficar com ele por 1 hora no rosto sem causar qualquer desconforto. Assim como tecidos de camisetas, existem máscaras mais macias e existem máscaras mais firmes. Experimente as máscaras tendo isto em mente. A fabricante Mares oferece um silicone que é chamado de Liquid Skin e oferece bastante conforto junto à pele. É importante também que por mais macio que seja o silicone da máscara ele ofereça uma sustentação lateral para que a saia não "vire do avesso" quando apertada contra o rosto, prejudicando a vedação. Isto é um problema bem comum em máscaras mais simples que tem um silicone bem macio mas que sofre deformação durante o mergulho e permite o alagamento da máscara.
Outro ponto importante é observar se seu nariz fica confortável dentro da cavidade nasal da máscara. É obrigatório que ele não fique pressionado e apertado dentro desta cavidade para que você consiga realizar a equalização adequadamente.

Frame (ou armação)
O frame da máscara diz muito sobre a durabilidade da mesma. Note se a máscara que você está analisando possui um frame resistente e bem desenhado pois isto aumentará muito a vida útil da máscara. Algumas máscaras não possuem o frame, são as chamadas frameless. Neste tipo de máscara o vidro é fixado diretamente ao corpo da máscara e em geral isto aumenta a vida útil do seu equipamento pois diminuem-se os pontos de quebra. A desvantagem é que as máscaras deste tipo tendem a ter um design menos moderno e não oferecem muita variedade de cor.

Lentes
Hoje em dia praticamente todas as máscaras próprias para mergulho oferecem lentes de vidro temperado e não há grande diferença entre eles. O que pode diferir de uma pra outra é se a máscara oferece 2 lentes (esquerda e direita) ou um vidro único. Esta é uma escolha bastante pessoal e você pode escolher a que te der melhor sensação ao vestir a máscara.

Tira e fivelas
Vista a máscara e ajuste a tira em sua cabeça, puxando lentamente as pontas livres para apertar a máscara. Observe se a tira fica confortável em você. Algumas tirar são muito estreitas e podem precisar de um strap de neoprene para ficar mais confortável e mais fácil de colocar e tirar a máscara. Com a máscara no rosto repare o campo de visão que ela oferece. O ideal é que a máscara tenha um pequeno volume interno, para que a lente fique mais próxima ao seus olhos e te aumente o campo de visão. Máscaras muito grandes vão bloquear boa parte da sua visão e isto prejudicará muito o seu mergulho.
Agora verifique se as fivelas funcionam bem para você afrouxar a tira e retirar a máscara. Existem diferentes modelos de fivela, alguns mais fáceis e outros mais difíceis de manusear. Procure um que você consiga manusear bem e que seja também resistente. Um vendedor especializado saberá te dizer sobre a resistência de cada um pois já tem experiência com vários modelos de equipamentos.

Conclusão
Agora que você já sabe avaliar uma máscara, experimente alguns modelos e escolha uma que atenda melhor. É importante saber que nem sempre a mais bonita será a melhor e que o preço é normalmente proporcional à qualidade dos materiais usados na construção da máscara.

Mas se ainda ficou alguma dúvida manda pra gente aí nos comentários ou então ligue pra gente! Abraços e bons mergulhos à todos!

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *