Começando cedo

Começando cedo

Provavelmente todos nós conhecemos algum adulto que não sabe nadar ou que "morre de medo de água", certo? Você já parou pra pensar o problema sério que isso pode ser? Estas pessoas normalmente se privam de experiências legais como o mergulho, mas ainda mais importante que isso é o risco de afogamento. Seja em piscinas, lagoas ou mar, saber nadar é obrigatório para quem deseja se banhar. Indo além, vamos olhar pelo lado da sua capacidade de ajudar em um acidente. Imagine que você não sabe nadar mas está à beira de uma piscina mais funda onde um parente querido nada. Agora imagine que uma câimbra, uma tonteira ou um desmaio sem motivo aparente aconteça e você tem que ajudar seu filho, filha ou ente amado. Qual decisão você vai tomar? Entrar na piscina e arriscar a se tornar a segunda vítima ou esperar por ajuda de quem saiba nadar? E se não houver ninguém por perto?

Nosso planeta é composto em sua maioria por água e portanto nos restringir à ficar com os pés no chão é sim um grande erro.

Neste mês de janeiro estamos fazendo uma oficina de mergulho com os meninos da Colônia de Férias do Minas Tênis Clube e fiquei muito feliz com a facilidade e fluência que os meninos têm na água, mesmo os mais novos. E aí me voltou à cabeça a importância de se aprender a nadar enquanto se é criança. A criança não tem os medos que impedem os adultos de avançar. Eles simplesmente se jogam, sem pensar no que pode dar errado. Uma boa escola de natação vai dar o suporte e segurança para que seus filhos, sobrinhos, netos fiquem mais íntimos da água.

A partir de 6 meses de idade (época que o bebê já terá tomado as principais vacinas) já é possível matricular seu filho em aulas de natação e isso trará vários benefícios. As aulas de natação para bebês estreitam a ligação entre pais e filhos, ajuda em problemas respiratórios, melhora a saúde física e mental, desenvolve a auto-confiança e oferece momentos deliciosos na água.

A natação e o mergulho SCUBA.
Para um curso de mergulho SCUBA é OBRIGATÓRIO saber nadar. O aluno não precisa ter todas as técnicas de natação apuradas, mas precisa ficar confortável em ambiente aquático e conseguir nadar pequenas e médias distâncias sem correr o risco de afogamento. Alguns acreditam que não é necessário saber nadar pois o colete te "sustenta" e você não afoga. Mas e se o colete furar? E se você precisar nadar contra uma corrente para se salvar ou para alcançar um dupla pedindo ajuda? Se pensarmos nas possibilidades se torna um absurdo entrar no mar (e até mesmo em um barco) sem saber nadar.

Então amantes da água, não demorem para colocar seus filhos na natação. Além de ser diversão garantida para os dias quentes, nadar pode ser decisivo na segurança deles!

Referência: Academia ALT Training R. Chicago, 535 - Sion, Belo Horizonte (31) 3284-7444

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *